segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Parlamento Grego aprova arrocho

A Grécia está pegando fogo. Mais de 100 mil pessoas foram às ruas para protestar contra o pacote de medidas de austeridade fiscal orientado pela União Européia e FMI. A votação deu 199 votos a favor e 74 contra.

Para se ter uma idéia, os dois partidos da coalizão governista expulsaram mais de 40 deputados que votaram contra o pacote. 

E o lance é pesado: há, por exemplo, uma previsão de redução de gastos de 3,3 bilhões de euros apenas este ano em salários, pensões e cortes de empregos. Tudo isto em troca de mais empréstimo do FMI. É o povo pagando a conta. A redução no valor do salário mínimo será de 22%!

Mas as autoridades gregas parecem zombar da população. O premir Lucas Papademos afirmou que a violência não será tolerada: "Vandalismos, violência e destruição não têm lugar em um país democrático e não serão tolerados". Será que ele se refere à violência do arrocho econômico?!? A toda essa violência institucional? Parece que não. É. Acho que não.

 Assine o Feed do Propalando para nos acompanhar.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails