domingo, 31 de julho de 2011

O Veneno está na Mesa


Finalmente saiu a versão final do filme produzido pelo cineasta Silvio Tendler para a Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida.

Está muito bom! E já está no youtube.

Os links são estes abaixo:
Parte 1 - http://www.youtube.com/watch?v=WYUn7Q5cpJ8
Parte 2 - http://www.youtube.com/watch?v=NdBmSkVHu2s&feature=related
Parte 3 - http://www.youtube.com/watch?v=5EBJKZfZSlc&feature=related
Parte 4 - http://www.youtube.com/watch?v=AdD3VPCXWJA&feature=related

Para os interessados em conhecer e acompanhar mais a Campanha, escrevam para o e-mail da Secretaria Operativa nacional: contraosagrotoxicos@gmail.com

 Assine o Feed do Propalando para nos acompanhar.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Por que a população não sai às ruas contra a corrupção?

19 de julho de 2011


O jornal O Globo publicou uma reportagem no domingo para questionar por que os brasileiros não saem às ruas para protestar contra a corrupção.

Para fazer a matéria, os repórteres Jaqueline Falcão e Marcus Vinicius Gomes entrevistaram os organizadores das manifestações de defesa dos direitos dos homossexuais e da legalização da maconha. E a Coordenação Nacional do MST.

A repórter Jaqueline Falcão enviou as perguntas por correio eletrônico, que foram respondidas pela integrante da coordenação do MST, Marina dos Santos, e enviadas na quinta-feira em torno das 18h, dentro do prazo.

A repórter até então interessada não entrou mais em contato. A reportagem saiu só no domingo. E as respostas não foram aproveitadas.
Por que será?

Abaixo, leia as respostas da integrante da Coordenação Nacional do MST, Marina dos Santos, que não saíram em O Globo.
Por que o Brasil não sai às ruas contra a corrupção?

terça-feira, 19 de julho de 2011

Combater os Agrotóxicos é Combater o Agronegócio


"Agrotóxico é um nome bonito criado pela indústria. O certo é veneno!" 

Esta frase foi proferida por um agricultor em conversa recente no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina. E está coberto de razão. Estamos falando de veneno. Mas tudo faz parte de uma grande jogada de manutenção do controle sobre a agricultura brasileira e mundial.

O Brasil hoje é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. São derramados em solo e água cerca de 1 bilhão de litros deste veneno, em média, a cada ano. Esse número nos leva ao seguinte cálculo: são cerca de 5 litros para cada brasileira e brasileiro por ano.

O nicho do mercado movimenta cerca de US$ 48 bilhões de dólares em todo mundo, sendo 16% desse valor só no Brasil. São 6 as empresas transnacionais que comandam este processo: Syngenta, Bayer, Basf, Monsanto, Dow e Dupont. Juntos são responsáveis por mais de 2/3 de todo o mercado. O cálculo não inclui os lucros auferidos com outros produtos do pacote, como as sementes transgênicas, produzidos em sua maioria por estas mesmas empresas.




 Assine o Feed do Propalando para nos acompanhar.