sábado, 30 de abril de 2011

Reflexiones de Ernesto Sábato sobre la Medicina

Morreu hoje o escritor argentino Ernesto Sábato. Em sua homenagem, publico aqui um pouco de sua visão sobre a medicina.


La enorme complejidad de los conocimientos que hemos adquirido desde Aristóteles hasta hoy y que al parecer hace ilusorio el uomo universale del Renacimiento, ha conducido aalgo que a la vez es inevitable y catastrófico: el especialista. Un físico que se ocupa de espectrogramas puede ignorar vastas regiones de la física, lo mismo que un químico inorgánico con respecto a la química orgánica. Esto ha sido inevitable, pero no incurramos en esa corriente falacia de tomar lo inevitable como magnífico. Aun en el mismo terreno del mundo material, el mas simple de todos, la especialización condujo a una especie de nueva barbarie, y debemos recordar que la mas grande revolución de la física la hizo un hombre que fue capaz de tomar en consideración los problemas mas generales de la materia en relación con el tiempo y el espacio; Einstein no era un especialista, era un generalista. Con mayor razón esto es válido para aquellos territorios más complejos de la realidad biológica y psicofísica, donde el todo precede a las partes, tal como también vislumbró Aristóteles. El atomismo de la física no funciona ya en estas complejas realidades, y debe ser reemplazado por un organicismo que de prevalencia a la totalidad sobre las parcialidades. Que se requieran los servicios de un especialista en corazón, como se requiere el informe de un encefalógrafo, es inevitable y, en condiciones bien delimitadas por el generalista, de enorme utilidad; pero que se invierta el planteo y se de preminencia al dato del especialista, pertenece ya a la falla filosófica y esencial de una medicina positivista. Una persona es mucho mas que un conjunto de números, de presiones, cantidades de glucosa, radiografías y eritro-sedimentaciones: es un ser complejo, una delicadísima unidad de materia y espíritu, donde todo influye sobre todo, y en el que es inútil, cuando no pernicioso, el informe especializado que no integre el armónico y dificilísimo examen de la estructura.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Requião e o Gravador


Desde ontem o senador Roberto Requião, do PMDB-PR, virou polêmica ao retirar o gravador da mão de um suposto jornalista, da rádio Bandeirantes, e só o devolver horas depois.

A partir daí, parte importante da grande imprensa passou a taxar a ação de censura e outras coisas mais. A própria rádio Bandeirantes, pelo que consta, não parou de achincalhar o senador, reproduzindo informações falsas sobre o conteúdo desta suposta entrevista.

Mas não contavam com a divulgação do áudio por ele e, o melhor, na íntegra. Clique Aqui e ouça o áudio ou acesse o sítio do próprio Roberto Requião. Ponto para o senador. 

No final das contas, acho que não foi a melhor medida. Acredito, e ele mesmo afirmou em seu discurso na tribuna do senado hoje, que agiu desta maneira por impulso e que não faria novamente.

De toda forma, eu também não confiaria nem um pouco na edição que seria feita em cima desta entrevista. E aí? Como ficaria depois para provar que foi diferente? Se acontece isso com um senador da república, o quão não acontece o tempo todo com pessoas comuns que somos?

A verdade é que, em nome de um escudo que chamam supostamente de liberdade de imprensa, grupos políticos e econômicos poderosos, detentores dos principais meios de comunicação no nosso país, têm o direito de fazer e dizer o que querem sem controle absolutamente nenhum. Omitem, mentem, manipulam e tudo fica por isto mesmo. Nem é preciso ir muito longe em nossa história para comprovar isto. Basta ler os jornais diariamente e constatar isto. Criminalização da pobreza, ataque aos movimentos sociais, aos direitos humanos e por aí segue.

domingo, 17 de abril de 2011

A Líbia e o Imperialismo


A grande mídia é muito poderosa. Não é novidade. E quando se trata de assuntos distantes de nossa realidade, pelo menos geograficamente, a capacidade de confundir e manipular torna-se muito maior.


Grande exemplo são os processos políticos pelos quais muitos países do Oriente Médio e da África tem passado e o que nos chega como verdade, pela Globo, Folha de São Paulo, Estadão, etc.

A Líbia está no foco. E algumas perguntas precisam ser respondidas: Qual o motivo para a Líbia ser atacada tão violentamente pelas forças da OTAN? Por que outros ditadores, como o Mubarak, mereceram tratamento tão cordial por parte dos EUA? A OTAN está fazendo tudo isto porque solidarizou-se com o povo líbio?


Parece redundante, mas a verdade é que não dá para confiar nem um pouco no que nos chega. E dá para trazer o próprio exemplo Líbio. Por exemplo, eu já tinha escutado algo bem superficial sobre a Líbia possuir o maior IDH da região. Mas quase não se fala. Até buscando na internet encontra-se dificuldade.


Mas eis que hoje encontro um excelente texto que traz um pouco mais sobre a realidade do povo líbio. E com referências. Acesso à saúde e educação de forma gratuita e universal é um dos pontos. Água farta e gratuita é outro.

O texto pode ser lido no Blog do Bourdoukan. É um texto longo, mas de leitura fundamental para nos ajudar a compreender o que se passa naquela região.


Atualização
Depois que publico o texto é que identifiquei, na internet, um outro artigo sobre a questão Líbia e que leva o mesmo nome desta postagem. Este é curto, mas traz importantes informações também: Para acesso, clique aqui

E, por fim, recomendo o twitter da Al Jazeera Brasil com informações mais constantes sobre o que tem acontecido por aquelas bandas do mundo.

Atualização 2:
Muito bom artigo de Felipe Corneau, do blog Riscafolha, sobre o assunto. Leia Aqui

sábado, 16 de abril de 2011

Círculo de Blogueir@s Socialistas


E, finalmente, um projeto que vem sendo gestado há alguns meses saiu do campo das idéias e teve seu ponta pé inicial: O Círculo de Blogueir@s Socialistas.

Surgiu a partir da necessidade apontada de fortalecer um campo importante dos meios de comunicação ditos alternativos, a chamada BLOGOSFERA.

Vem somar neste processo, mas ao mesmo tempo não deixa de fazer um contraponto a um setor, importante, dos chamados "blogueiros progressistas". O setor que encara como papel principal, neste novo período, fazer a defesa intransigente do governo da presidenta Dilma. 

Para conhecer, acessem o endereço: http://circulosocialista.blogspot.com

Forte abraço!



 Assine o Feed do Propalando para nos acompanhar.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Ecos do Passado - Sem essa de anistia pros dois lados

Vídeo e música legais sobre a necessidade urgente de se escancarar os arquivos da ditadura. Sem essa de anistia pros dois lados. 

Nossos países vizinhos estão avançando nesta questão.
No Uruguai, por exemplo, foi anulada, esta semana, a Lei da Caducidade, que perdoava as violações dos direitos humanos cometidas durante a ditadura militar.
Na Argentina, já tem ditador condenado à prisão perpétua e em cárcere comum, além de já estarem presos mais de 480 ex-militares envolvidos nas ações de terrorismo de Estado.

O governo da presidenta Dilma tem a obrigação moral e política de batalhar pela criação e efetivação da Comissão da Verdade.



Vem aí neste próximo sábado, dia 16 de abril, o mais novo projeto coletivo na blogosfera que faço parte. Anuncio aqui na noite do sábado!

 Assine o Feed do Propalando para nos acompanhar.