domingo, 6 de fevereiro de 2011

100 anos do nascimento de Carlos Marighella

Estou de férias. E as semanas do pré-férias foram bem corridas, como imagino que sejam todas.

Uma semana em Salvador na Assembléia Nacional da Consulta Popular, além de rever boas amigas e bons amigos. E agora no Rio de Janeiro, uma semana com os tios Lula e Gina. E uma outra ótima oportunidade para rever outros amigos.

Estou muito animado para este 2011 de muito trabalho, aprendizado e militancia. A Assembléia ajudou muito neste processo.

Despeço-me com trecho de escrito do Florestan Fernandes sobre Carlos Marighella. Este ano seria o centenário, se vivo, deste grande lutador de nosso povo e que muito nos inspira para o dia-a-dia.


"Esse Marighella, que alcança a plenitude nos derradeiros anos, interessa a todos nós pela maneira de colocar a problemática do marxismo revolucionário no Brasil. Sua principal contribuição consiste em realçar a adequação política envolvida nas asperezas e nas possibilidades da sociedade brasileira. Sob muitos aspectos, aparece entre os grandes revolucionários da nossa época, que não assimilavam o marxismo passivamente, pois entenderam teoria e prática como resultantes de condições históricas específicas, combinadas a fins que se repetem em escala geral. Elaborou, desse modo, suas concepções de síntese, adequadas às atividades concretas, opondo-as às abstrações do padronizado ABC do comunismo. (...)"


 Assine o Feed do Propalando para nos acompanhar.

Um comentário:

  1. acabo de encontrar o homem da minha vida.
    romeu que fazes tu acordado?
    kkkkk deixemos então as vacas fora disso!
    muum...o blog é FODA! fã...e FUTURA mãe dos filhos dele claro.

    ANONIMATO HEDIONDO SEM DIREITO A FIANÇA!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails