quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Latuff e o Equador

Caricatura do mestre Carlos Latuff sobre a tentativa de golpe contra o povo equatoriano

 Assine o Feed do Propalando para nos acompanhar.

Manifesto da Via Campesina sobre Equador



No marco da realização de nosso V Congresso no Equador, como Coordenação Latino Americana de Organizações do Campo, CLOC – Via Campesina, fazemos eco das milhões de vozes de camponesas e camponeses de todas as regiões do Continente em rejeição aos últimos eventos suscitados na nossa nação irmã, o Equador. Expressamos nossa solidariedade e reafirmamos nosso compromisso com a luta constante pela defesa da democracia no Equador, que nesta quinta-feira, 30 de setembro, se viu afetada pelas Forças Armadas, a Embaixada dos Estados Unidos e outros setores de direita, que priorizam seus interesses mesquinhos frente às necessidades reais do povo.

Como CLOC- Via Campesina, condenamos frontalmente esta tentativa de Golpe de Estado, desconhecendo qualquer ação que atente à democracia, por isso exigimos a restituição da ordem constitucional. Achamos, firmemente, que os eventos no Equador são ações desesperadas da oligarquia, representada pela direita, com o único objetivo de preservar os interesses do capital, que ao longo da história prejudicaram a classe camponesa.

Ante este abominável feito, a CLOC –VC faz eco às seguintes demandas:

1. Que se restabeleça a ordem constitucional, sem derramamento de sangue a favor da democracia.
2. Que não se reprima a população equatoriana que exige o retorno à democracia.

Acontecimentos no Equador via Twitter

O Twitter tem se colocado como importante instrumento de propagação de notícias e acontecimentos pelo mundo. Não tem sido diferente com os acontecimentos no Equador.

Disponibilizo abaixo, e vou atualizando, uma lista com contas do Twitter que trazem boas informações e análises sobre o Equador. Precisamos continuar atentos. E, como já falei, governos e organizações progressistas precisam agir!

http://twitter.com/sdpnoticias
http://twitter.com/CNNEE
http://twitter.com/correoorinoco
http://twitter.com/Presidencia_Ec (Twitter oficial da presidência equatoriana)
http://twitter.com/susanamorg

Acompanhe as postagens do Propalando sobre o Equador através deste link: Internacional

Repulsa ao Sexo: Debate sobre Aborto


Normalmente não gosto de simplesmente republicar textos de outros, mas procuro abrir exceções para grandes textos. E estes é um deles. Trata-se de uma discussão proposta pela Maria Rita Kehl sobre o aborto. Alíás, estou com um livro seu na agulha para leitura - O Tempo e o Cão. A Atualidade das depressões. 

Segue o texto:

por Maria Rita Kehl

Entre os três candidatos à Presidência mais bem colocados nas pesquisas, não sabemos a verdadeira posição de Dilma e de Serra. Declaram-se contrários para não mexer num vespeiro que pode lhes custar votos. Marina, evangélica, talvez diga a verdade. Sua posição é tão conservadora nesse aspecto quanto em relação às pesquisas com transgênicos ou células-tronco.

Mas o debate sobre a descriminalização do aborto não pode ser pautado pela corrida eleitoral.

Algumas considerações desinteressadas são necessárias, ainda que dolorosas. A começar pelo óbvio: não se trata de ser a favor do aborto. Ninguém é. O aborto é sempre a última saída para uma gravidez indesejada. Não é política de controle de natalidade. Não é curtição de adolescentes irresponsáveis, embora algumas vezes possa resultar disso. É uma escolha dramática para a mulher que engravida e se vê sem condições, psíquicas ou materiais, de assumir a maternidade. Se nenhuma mulher passa impune por uma decisão dessas, a culpa e a dor que ela sente com certeza são agravadas pela criminalização do procedimento.

Em defesa do Equador. Não ao golpe!


As informações que chegam ainda são um tanto desencontradas. Parece-me que está caracterizada de fato a tentativa de golpe de estado. Superiores das Força Armadas dizem que não, que defendem a democracia. 

O que chega de concreto é que o Presidente Rafael Correa estaria retido em um hospital de Quito. O povo que tenta se aproximar, em defesa de Correa, tem sido agredido pela polícia. Há notícias também de aeroportos e estradas fechadas.

O ex-presidente Gutierrez chegou a defender, há pouco, a dissolução do congresso e a antecipação das eleições presidenciais para "evitar o derramamento de sangue". Não há outro nome. Golpe da Direita!

Não bastam as palavras. Governos e organizações do campo progressista precisam agir em defesa do povo e da democracia equatoriana.

Neste momento devemos ficar atentos a todos os acontecimentos.
A melhor fonte de notícias é a TeleSur:http://www.telesurtv.net/noticias/canal/senalenvivo.php
Outra boa fonte é o Brasil de Fato:http://www.brasildefato.com.br/

Acompanhe as postagens do Propalando sobre o Equador através deste link: Internacional

Golpe militar no Equador??

Honduras novamente?

Chegam-nos algumas informacoes acerca de um possivel golpe militar no Equador! Sao informes desencontrados ainda, mas precisamos estar bem atentos nesta questão agora!


Acompanhe as postagens do Propalando sobre o Equador através deste link: Internacional

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Agronegocio X Agricultura Familiar

Horta onde faço compras em Petrolina

Tema importante para tod@s @s militantes que trabalham juntos aos movimentos sociais, a questão do agronegócio e da agricultura familiar tornou-se mais interessante a mim desde que vim viver em Petrolina, no sertão pernambucano.

E algo que percebi logo da minha chegada por estas terras, concretizou-se como um retrato de que há algo de muito errado em nossa produção de alimentos: na dita terra da uva e da manga, não é tarefa tão simples encontrar tais frutos (de qualidade) para comprar. O que é bom vai para fora

O último censo agropecuário do IBGE (acho que de 2006) trouxe dados que não podem ser ignorados:
1) A Agricultura Familiar, mesmo representando apenas 24,3% de nossa área agrícola, é responsável, por exemplo, por 87% de nossa produção de macaxeira, 70% de feijão, 38% café, 58% do leite, entre outros alimentos fundamentais para a nossa população

2) Isso tudo mesmo porque recebeu recursos públicos da ordem de R$ 13 bilhões em 2008, perante um apoio ao agronegócio no valor que circunda os R$ 100 bilhões, no mesmo período.

Só estes números já nos rendem uma boa reflexão sobre qual seria, de fato, o tipo de agricultura sustentável para nossa nação e para o nosso povo. Em várias áreas, mas em especial na agricultura por motivos óbvios, é preciso responder a uma questão importante: A quem servimos? A que serve a nossa produção rural?

E olhe que nem entrei na questão da extrema exploração do trabalhador pelo agronegócio. Estou trabalhando numa Unidade de Saúde da Família na região urbana de Petrolina e tenho visto claramente uma associação importante entre este trabalho e doenças ocupacionais. Sobre este tema devem rolar mais postagens em breve, pois pretendemos iniciar algumas pesquisas por lá. 

Outros dados importantes levantados pelo censo:
- 46,4% da soja utilizou sementes transgênicas, o que me lembra da importância da eleição de Roberto Requião para o senado brasileiro pelo Paraná. Apesar de estar no PMDB, é um quadro importante do campo progressista e nacionalista do nosso país.

- 56,3% de quem utilizou agrotóxicos, não recebeu as devidas orientações técnicas para uso. 

- Apenas 1,8% pratica a chamada agricultura orgânica. Mas não acho tão alarmante, por tratar-se também de uma questão cultural e que deve ser trabalhada.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Imprensa Burguesa x Povo Brasileiro

Estamos preparados?

Achava que não traria a pauta das eleições novamente para aqui. Mas fatos novos aconteceram e cá estou eu na terceira postagem em menos de 7 dias sobre o tema.

Há dois dias postei sobre o enfrentamento verbal que Dilma passou a realizar contra setores da imprensa burguesa, em especial contra a Fola de São Paulo. Ponto para ela e desejei que este enfrentamento seja levado para o campo das ações durante o seu governo. A grande mídia é uma das principais responsáveis pelo atraso político que ainda vivemos em nosso país.

Pois bem. Sentí que a imprensa passou a bater também no Plínio nestes últimos dias. O que para mim é um bom sinal! Plínio acertaria na mosca se passasse a pautar mais a questão do direito à comunicação e do enfrentamento necessário a ser realizado contra os grandes conglomerados da mídia.

E para finalizar, também havia comentado sobre um vídeo onde setores evangélicos, capitaneados pelo pastor Silas Malafaia, conclamavam aos cristãos a não votarem na satânica Dilma. No mesmo dia, vejo que o referido pastor pagou nota nos principais jornais do país em defesa de uma suposta liberdade democrática para a imprensa, mas que tem como recado claro um pedido de não voto à candidata petista. 

Acirramento da luta de classes no próximo período? Pela conjuntura mundial é díficil, mas é preciso que nos preparemos. 

domingo, 26 de setembro de 2010

Fliperama do Doido Tom Ze

Pense num cabra massa que é esse doido do Tom Zé. Entendam doido como uma qualidade. Aliás, faz um tempo que a doidice deixou de ser um adjetivo pejorativo em meu dicionário.

Mas vamos lá que esta é uma postagem musical. Música Fliperama do Tom Zé que está no seu último álbum e DVD "Pirulito da Ciência". Arretado!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Direita arcaica desesperada e suspiros...

Na minha última postagem deixei bem claro meu posicionamento quanto ao atual processo eleitoral ( Eleições Politizadas? Onde? ). Mas decidí voltar ao tema porque três vídeos e uma atitude me chamaram bem à atenção hoje.

Os dois primeiros vídeos retratam o desespero estampado e descarado na campanha de Serra, que representa o que há de mais arcaico na atual disputa presidencial.

O primeiro vídeo nem publico para não dar audiência, mas é um apelo ao tradicionalismo religioso. Objetiva colocar os cristãos contra a candidata Dilma com um discurso do naipe da Tradição, Família e Propriedade. E sabe o que é pior? Vi esta história pegar com uma pessoa que conheço. #tenso

O segundo eu já faço questão de colocar. Ele tem o título de "O Brasil não é do PT". Hilário. Hoje mesmo eu "recordava", no twitter, os boatos nas eleições de 2002 que diziam que o Lula mudaria o verde para vermelho na bandeira do Brasil. Haha. Gostaria mesmo que o PT fosse isso que o PSDB tentar passar. vejam o vídeo:


O terceiro vídeo dá conta do enfrentamento que Dilma tem feito com alguns meios de comunicação da grande mídia. Atitude louvavel. Torcer para que tal enfrentamento saia do campo das palavras e se transforme em ações em seu governo. Segue o vídeo:



E a atitude a ser elogiada é o ato, por parte do PSOL do RS, de retirar uma de suas candidaturas ao senado e pedir voto em Paulo Paim (PT) que encontra-se empatado nas pesquisas com o Rigotto e com uma apresentadora da RBS aí que não sei o nome. É nisso que precisamos avançar no campo popular no Brasil. Não pode ficar só na questão eleitoral, senão pouco vale. É preciso levarmos esta aparente maturidade e coerência para o campo de nossas lutas. Todos nós. Assim é que faremos diferença de verdade!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Eleições politizadas? Onde?

Onde está o poder?


Impressionante como um processo eleitoral tão dispendioso para o povo brasileiro não contribui em absolutamente nada para um aumento de consciência de nosso povo. 


Mesmo que isto seja esperado, não consigo deixar de me indignar. Só com o horário eleitoral (que não tem nada de gratuito) o povo brasileiro arca com quase R$ 1 bilhão. Dá para imaginar o resto de toda estrutura, né?

O fato é que eleição a eleição, a tendência que percebemos, com raras exceções, é de um completo esvaziamento do debate necessário sobre as questões e problemas brasileiros. E quem poderia qualificar as discussões, muitas vezes se perde no moralismo que não leva a canto nenhum, vide a campanha da senadora Heloisa Helena nas eleições presidenciais passada.

Acredito que o debate nunca foi tão fraco como tem sido este ano. O Plínio, apesar dos muitos defeitos atrelados à sua candidatura, é quem ainda traz alguns elementos importantes. Infelizmente as candidaturas do PCB e do PSTU também não tem cumprido o papel de discutir o Brasil.

E o que falar da candidatura petista? Nas eleições de 2006, Lula ainda trouxe a pauta da questão das privatizações do governo FHC, etc. E o que traz a Dilma? Não sei. E em alguns pontos, sua campanha mais deseduca. E exemplifico trazendo um pouco da área com a qual trabalho: a saúde. Um espaço foda pra poder discutir acesso à saúde, atenção integral, qualificação da rede, da atenção primária... E qual a proposta da ministra? 500 UPAs! Aí é pau, né? Bancar esta idéia, fortalecendo o imaginário social da atenção biomédica é intragável para uma candidatura dita de esquerda.