domingo, 11 de fevereiro de 2007

100 anos de FREVO

Sexta-feira, dia 9 de fevereiro, o frevo completou 100 anos. Não do ritmo, pois este já embalava o nosso carnaval desde o final do século XIX. Mas então o que tem de especial nessa data?
Foi em 9 de fevereiro de 1907 que o termo "frevo" foi registrado pela primeira vez na imprensa. Mais precisamente no "Jornal Pequeno".
Bom, não vou agora ficar fazendo resgate histórico do frevo porque é possível encontrar na internet um bocado de registros, por sinal, muito bem feitos. Qualquer coisa procura no 'google'
Ainda sim queria trazer uma pequena explicação dos 3 tipos de frevo, pois vejo que muita gente não conhece. São eles:
- O Frevo-de-rua
- O Frevo-canção
- O Frevo-de-bloco

O Frevo-de-rua é aquele frevo que, em geral, não tem letra. Feito para ser dançado. Como um dos exemplos temos o frevo 'Último Dia' de Levino Ferreira (que disponibilizo para ser escutado logo abaixo)
O Frevo-canção podemos dizer que surge com a incorporação de letras às músicas. O hino da Pitombeira, de Alex Caldas, e o Hino de Elefante, de Clídio Nigro, (abaixo disponibilizado) são grandes exemplos desta categoria
E por fim, o Frevo-de-bloco. Surge das serenatas. Em geral tocado por orquestras de pau e corda e acompanhados por um coral feminino. São exemplos "Último Regresso" de Getúlio Cavalcante e A dor de uma saudade de Edgard Moraes (também encontrada abaixo).

Na próxima postagem quero falar de outras coisas do frevo e também sobre o que temos na nova geração.

Abaixo, as músicas. Bom proveito! Já conhecem o esquema para escutar né? Mesma coisa dos vídeos do youtube: Aperta o 'play', dá um 'pause' para carregar um pouco, evitando assim que a música fique parando, e em seguida é só apertar 'play' novamente e curtir o som.

Ah! antes que me esqueça. Quer baixar frevo? Então entra nesse maravilhoso link: http://frevo.multiply.com/. Muita coisa boa para baixar e escutar.

Último Dia de Levino Ferreira (Frevo-de-rua):

Hino de Elefante de Clídio Nigro (Frevo-canção):

A Dor de Uma Saudade de Edgard Moraes (Frevo-de-bloco):

5 comentários:

  1. gostei dessa pagina è boa de estudar

    ResponderExcluir
  2. Rapaz, tem um cantor muito bom que tu poderias colocar ai, é um star, uma pessoa hélpis, batráquio mesmo... o nome dele é Luiz Halley... KKKKKKK. Abraço! Só sucesso.

    ResponderExcluir
  3. em Petrolina tbm, mas tricolor graças a Deus! kkk

    ResponderExcluir
  4. Parabéns cara, por estar divulgando um pouco mais, não da história que é fácil de achar, mas do que realmente é o nosso frevo: alegria, liberdade, festa de um povo guerreiro como é o pernambucano. Sou de Arcoverde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, esqueci de dizer que achei seu blog porque estava procurando frevos pra baixar na internet...é uma missão quase impossível.

      Excluir

Related Posts with Thumbnails