segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

Feliz Natal?

Normalmente não gosto desse negócio de Natal. E cada vez mais gosto menos. Não dá pra desejar feliz natal com a miséria tomando conta de tudo.

Não sei se é pior a total indiferença de muitos ou o "suposto" espírito solidário que toma conta de alguns, mas que logo passa ao dar uma esmola. Ficam de consciência tranquila e pronto. De volta à vida normal.

Finalizo com a bela imagem da Leticia Sabatella visitando o bispo Luiz Flávio Cappio, em greve contra a transposição do Rio São Francisco.

Belos gestos, Cappio e Leticia!

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Fome de Tudo

Este é o título do novo CD da Nação Zumbi. Mais um trabalho da NZ que gostei muito. Impressiona-me o fato de como eles têm sido felizes na realização de CD pós CD. Tenho o costume de escutar muitas vezes para poder ter uma opinião mais detalhada. Ainda não o fiz com Fome de Tudo. Mas já vale o registro aqui.

Abaixo, um trecho da análise do sitio Gafieiras sobre o disco.

"Uma das poucas unanimidades não-burras do Brasil, a banda Nação Zumbi lança seu sétimo disco, Fome de tudo (Deckdisc, 2007), mantendo-se fiel a uma de sua máximas fundadoras: um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar."
Para ler o texto completo, Clica aqui

Mas queria aqui também registrar a bola fora da galera. Por um texto do José Teles (texto completo segue em link mais abaixo), soube da rejeição de alguns integrantes da banda para com a disponibilização do álbum na internet. Segundo o texto, o Lúcio Maia reclama de uma suposta quebra do impacto com relação ao lançamento do disco.
Leia o texto do José Teles neste endereço aqui.

Talvez isso seja uma grande jogada de marketing, tipo o prêmio Cicarelli de Marketing, lembra? (caso contrário, clica aqui). Só espero que não reclamem da internet, como fizeram o pessoal do filme Tropa de Elite. Será que alguem poderia dizer a eles que o filme só fez esse sucesso todo POR CAUSA da internet?!? Ou eles acham que o filme é um primor de produção? Aliás, muito podre tudo aquilo. A solução pro nosso país passa beeeem longe de Tropa de Elite.


Pois bem. Quem entrar numa de brigar contra a internet e mp3s vai se dar muito mal. Devem, muito pelo contrário, aproveitar todo o potencial da rede mundial de computadores.
Há muito queria escrever algo sobre "pirataria" e internet. Continuo deixando para um outro momento.

Em tempo: Se álguem me perguntar se deve comprar o CD, eu responderei de pronto que deve assim, caso tenha disponibilidade financeira para isso. Ainda mais tratando-se de música de qualidade. Mas será que a arte deve ficar restrita apenas a quem pode comprá-la? Yo creo que no.

Em tempo 2: para baixar o cd, clica aqui.
Abraços!


domingo, 25 de novembro de 2007

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Figuras... somente!

Dessa vez optei por escrever o título da postagem primeiro. Me dei mal.
De quem quero falar, não sei se tem a cara do Recife, a cara de Olinda, a cara do centro da cidade numa segunda-feira pela manhã... E o pior é que a dúvida não pára por ai. Quando falo de Olinda eu tô falando do entardecer no alto da sé, da beira-mar e seus caminhantes as seis da matina ou do sol "rachante" ao meio-dia na famosa Ilha do Rato. Recife então... vixe!!

Muito bem, deixa eu seguir, pois como já me disse minha amiga Tatovisqui - "Ari! Tu adora resolver problema grande, mas se enrola com cada besteira!"

Isso tudo é pra mostrar um pouco uma das coisas mais características de nosso povo, da gente. Acha que tô falando das ladeiras de Olinda, das pontes do Recife, ou até mesmo das obras de Brennand??? Que nada. Estou falando do próprio povo e de que cada figura que a gente encontra por aqui.

Acho importante, e faço uma pausa para isso, ressaltar que não sou de romantizar puramente as situações e esquecer da questão social que envolve, na maior parte das vezes, a gênese de tais personagens. Aliás, queria até falar um pouco mais desta questão. Tenho lido algumas coisas interessantes sobre formação do povo brasileiro, mas deixa para um outro momento.

Para ilustrar o que estou a vomitar aqui, seguem algumas fotos:

-
Estas são do amigo Hugo Moura Melo. Recomendo fortemente a visita ao seu fotolog.
http://www.flickr.com/photos/hugomouramelo


E como não poderia deixar de ter, outra figuraça, do fotógrafo Claudio Lara.
http://www.flickr.com/photos/claudiolara/

Zé do Rádio, sim! Por que, não?


E pra finalizar, um clipe do CINVAL COCO GRUDE. Onde se destacam o próprio e as famosas figuras do Pátio de São Pedro.



domingo, 28 de outubro de 2007

Privatizações, atualizações e placar

Tá muito ruim pra ficar atualizando por estes dias. Além de ter passado quase 10 dias fora (entre Uberlândia e Brasília) ainda estou a pagar a famigerada disciplina de neuro. Descobri coisas muito boas em neuro, mas as provas e decorebas...

Ah. E o placar agora das pessoas que gostam do blog x pessoas que não gostam deu uma diminuida. Agora está 2 x 1 para os que não gostam (rodolfo e fred) contra o voto de marcelão..hehe

Bom, a charge que segue é só uma homenagem às recentes privatizações de rodovias federais promovidas pelo Governo Lula e do PT. É do Rafael Sica

Beijos!


sexta-feira, 12 de outubro de 2007

"Jesus tem cada inquilino..."

Hoje foi um dia atípico. Desde quinta já tinha planejado: sexta-feira é dia de praia. Ao menos, dia de guiamum e cerveja.
Aliás, queria desde quinta-feira ter feito um programa sim. Só mudava o cardápio e o local. Queria ir pro Mercado de Casa Amarela comer buchada e tomar cerveja. Não deu certo. O pessoal farrapou. A começar por Bob. Mas vamos la... eu entendi a situação.

Pois bem. Anderson (meu primo me liga na quinta à noite chamando pra ir pra Porto. E lá vamos nós... Eu, Ranchinho (Anderson) e Emiliana. Devido a enorme quantidade de gente, passamos direto e caímos num buraco chamado "Serrambi". Tava tão agradável por lá, mas tão agradável, que tomamos duas cervejas e voltamos pra Recife. Ainda estávamos animados, afinal, a noite teria jogo do Sport.
De volta a Recife, paramos num bar no pina chamado "Caldinho do Nenem". Não conhecia. Mas o caldinho lá é "primeira". Aliás, "primeira de luxo".


À noite, já na Ilha do Retiro, nem bebemos mais. Cansaço puro. Bom... quanto ao jogo. O resultado foi uma merda. 0 x 0 contra o Figueirense. Fortalecendo a atipia, o Nautico empata com Cruzeiro lá em Minas.
Temos um time muito limitado. Sem Carlinhos Bala, então. Antes que Bob e Rodolfo se assanhem, digo logo que o Sport ainda é melhor.
Não ganhamos, apesar das limitações do time, por conta de um juiz, tambem, que veio nos garfar. Foram dois penaltis claros nao marcados, só pra começo de conversa. E isso não é choro de torcedor, não. Prova é tanto que havia algo ai preparado que escolheram um juiz que ainda não apitou nenhum jogo na série A, nenhum na série B e apenas dois na série C! Este futebol brasileiro é uma grande piada.

Quanto ao título da postagem. Bem... continuo ateu. Foi só uma expressão que Anderson usou para apontar o "nívi" de alguns jogadores e motoristas que aparecem na nossa frente.

domingo, 7 de outubro de 2007

Estava eu me preparando para dormir, quando meu primo Daniel me chama no MSN:

Daniel diz:
Ari.. tais online?
Daniel diz:
Ta online?
Arizinho diz:
oi daniel
Daniel diz:
Opa Ari...
Daniel diz:
tudo blz?
Arizinho diz:
tudo indo! tempo muito pesado na faculdade
Daniel diz:
Ae... tive lendo seu blog.... e vi que agora vc ta curtindo mta musica de qualidade...
Daniel diz:
E vi um video no Youtube que se "encaixam" muito bem a esse estilo...

De cara já desconfiei que seria alguma brincadeira... pois bem, segui em frente.
Quando abro o sitio do youtube, o título do video? Funk para Intelectuais (???)

E ai está o vídeo. Não sei o porquê direito, mas achei a cara de Rubens.

Abraços!



segunda-feira, 1 de outubro de 2007

"Créditos de Carbono" ou "Como Mercantilizar Tudo"

Algo me chamou a atenção na última semana. Pra falar a verdade tem um bocado de coisa chamando minha atenção ultimamente. Ainda bem. Sinal que estou distante de me acomodar... mas vamos ao objetivo da postagem.

Estou falando dos danados dos "Créditos de Carbono". Bem grosseiramente falando, é o seguinte:
Os países desenvolvidos, depois do Protocolo de Kyoto, têm um limite "X" para emissão de gases poluentes.
Daí, inventaram uma unidade. O Crédito de Carbono, equivalente a uma tonelada de dióxido de carbono. Então, os países ou indústrias que não atingirem suas metas de emissão terão que comprar "créditos" de países ou indústrias que tenham conseguido reduzir suas emissões, reduções essas também medidas em Créditos de Carbono!

Quem quiser vender os tais créditos de carbono precisam ter seus projetos aprovados pela ONU. O Brasil é o terceiro país com mais projetos aprovados pela ONU. Em segundo e primeiro lugares, respectivamente, estão Índia e China. Ressalto que este é um mercado que prevê movimentar bilhões de doláres todo ano.
De onde os brasileiros tão tirando tanta poluição, eu não sei, afinal os maiores poluidores são ELES (os desenvolvidos). Eu só sei que esta história toda me deixa encucado (tanto quanto os sabonetes SENADOR). Tudo que vira mercadoria, preocupa, e muito.

E já tem bronca por aí. A prefeitura de São Paulo está querendo leiloar créditos de carbono gerados a partir do que será reduzido em seus aterros. E qual o esquema? Nestes aterros é grande a produção de metano. E o metano é 21 vezes mais poluente que o CO2. Daí, ao queimar o metano e liberar CO2, muitos créditos são gerados. O nó é: já existem notícias que tal prefeitura está querendo aumentar os seus aterros para que gerem mais metano! Um absurdo, analisando que o lixo urbano deveria ser tratado numa outra perspectiva.

Bom, é esperar para ver novas aberrações! E eu continuo com a pulga atrás da orelha com isso tudo. Com certeza mais problemas aparecerão!

Abraço

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Uma pergunta...

Uma pergunta que martela minha cabeça nas horas vagas:


Será que as vendas deste produto aumentaram ou diminuiram??

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

TOP 5

Queria compartilhar o TOP 5 dos CDs que tenho escutado. Na realidade, tenho escutado muita música. E periodicamente vou tentar atualizar esta lista por aqui. Como adoro conhecer e estudar música, quem tiver sugestões boas, deixa ai nos comentários. Ahh. E fora isso, eu tenho um acervo com milhares de músicas. Em breve disponibilizo tudo que tenho para quem quiser selecionar e pedir pra eu gravar

Bom, ai segue o TOP 5. Ressalto que não está necessariamente numa ordem crescente ou decrescente. E outra coisa: não sou nenhum crítico musical, portanto as breves descrições são uma humilde tentativa de expor o que penso, apenas.

1 - Eles não EnÊ - Negroove
- CD de estréia da galera. Música muito legal. Mistura massa de samba, soul e funk. Além de irreverência que é uma marca legal da banda de Jr. Black

2 - Samba Esquema Noisa - Mundo Livre
- DIsputa pra mim o lugar de melhor cd da banda com "O outro mundo de manoela rosário". Um é melhor pela sonoridade, o outro pelo conteúdo político.

3 - Tim Maia - 1971 - Tim Maia
- Gravado antes de sua fase "Racional" em que seguia os preceitos da "Cultura Racional". De qualquer maneira, é um som que se destaca pela batida e por ser um dos primeiros a gravar o soul no Brasil.

4 - 50 Anos de Breque - Moreira da Silva
- Sempre falo do meu interesse e quanto gosto do samba. E uma das vertentes do samba que mais me agrada é o chamado samba de breque. Depois de ter perdido o show em janeiro lá no Rio, recentemente rolou "Samba de Breque e outras bossas" aqui em em Recife, com Pedro Luis, Roberta Sá e o Grande Jards Macalé. Pra todos os efeitos, o samba de breque terá uma postagem especial em breve.

5 - Sr. Samba - 1961 - Ciro Monteiro
Uma das maiores vozes da música brasileira. Pra Vinicius de Morais, o melhor!

Enchi o saco. Vou mudar a proposta.

Eu meio que enchi o saco da forma como vinha postando no blog. Somado a isso recebi um scrap (coisa de orkut) bem construtivo do meu companheiro de damuc, fred, que dizia simplesmente "teu blog é uma merda". hahahaha. Pois bem.

Enquanto isso...

sábado, 25 de agosto de 2007

Fausto Wolff

Atualização (06/09/08) - Postagem "Morre Fausto Wolff"

Deixo para vocês um texto do, disparado, meu escritor favorito. Quem me conhece um pouco mais sabe o quanto já falei do velho lobo. O conheci através da leitura sistemática que fazia do Pasquim21. Que, aliás, tive a oportunidade de ter todas as edições de uma curta vida de cento e poucas edições. Todas elas estão muito bem guardadas. Não faz tanto tempo assim, mas foi uma leitura que contribuiu sobremaneira com a minha formação como militante.

Atualmente o velho Fausto escreve para o JB do Rio.
(Iria disponibilizar para link, o sitio do Fausto, mas agora tá dando erro. Deixo a indicação para uma próxima vez)

Abraços. E boa leitura!
PS: Estou em final de período na Universidade, daí a pouca dedicação à estruturação de postagens mais elaboradas. Assim que entrar de férias, dedico um pouco mais do meu tempo.

imagem copiada do ótimo http://www.fazendomedia.com

Os mortos anônimos

Enquanto Cabral discutia com Joban sobre a possibilidade de tropas federais policiarem o Rio permanentemente, recebi a última carta de leitor do dia. Massageou o meu ego (por ordem médica, não sai de casa nem recebe visitas), dizendo que minha coluna lhe dá a sensação de que alguém está fazendo alguma coisa. Pediu que escondesse sua identidade e endereço e que se isso fosse ferir os meus princípios, não publicasse nada. Como o leitor me mandou o número de seu telefone, não tive dificuldades em descobrir que ele existe mesmo.

Ele mora com a companheira num dos muitos acessos para a favela ###, cujo nome não publico, pois o leitor correria risco de vida. Há muitos furos de balas nas paredes de sua casa e, quando é dia de tiroteio, o casal dorme no chão do quarto dos fundos. Eles sabem de antemão o que vai acontecer porque, minutos antes, os bandidos se exibem com motos e carros roubados. Os garotos que são seguranças param na última barreira de trilhos verticais antes do asfalto. É quando chega o chefe da vez, sempre com grossos colares e pulseiras de ouro. A guerra começa assim que um olheiro informa ao chefe a rua pela qual os policiais estão subindo.

Os moradores têm medo dos bandidos, mas têm mais medo da polícia, que invade casas e barraco a qualquer hora do dia, dando tiros a esmo. Os bandidos também pouco se importam se matam uma pessoa inocente que nada tem a ver com esse ritual de confronto. Eis o que dizem os moradores: "A polícia não quer acabar com os bandidos porque também lucra com o tráfico".

Duas semanas atrás, numa sexta-feira, o caveirão teria aparecido na favela para receber o "seu" e não atrapalhar o baile funk. Deram alguns tiros para o ar, a fim de mostrar serviço, se exibir e amedrontar os moradores, e foram embora. Poucos minutos depois chegaram os ônibus lotados de passageiros de outros morros. Alguns mais graduados receberam drogas, a título promocional.

Segundo dizem, os ônibus são cedidos em troca de favores sexuais de algumas mulheres para os donos das frotas. A polícia, por sua vez, não inibe sua subida e assim colabora com a capitalização do tráfico, a compra de mais cocaína, maconha e armas, naturalmente. A coisa piora nas operações maiores da Força Nacional. Quando isso acontece, basta ver a expressão nos rostos dos adultos e, principalmente, das crianças, para entender o que é terror.

O resultado disso tudo - diz o leitor - é que o tráfico está onde sempre esteve. A presença da Força Nacional fez com que os bandidos acalmassem um pouco, mas continuam tendo, como sempre, total controle sobre o território. Nos acessos para o morro ficam, de dia, os soldados da Força Nacional e, à noite, os da Polícia Militar, os irmãos pobres.

Revistas ocorrem de vez em quando, mas há sempre um soldado para informar antecipadamente os bandidos, e as operações geralmente não têm sucesso. Sucesso têm as balas perdidas. A verdade é que existem tantos acessos não vigiados que quem quer levar armas ou drogas para dentro da favela jamais será incomodado.

Diz o meu leitor que, no penúltimo sábado, os policiais desconfiaram de um motoqueiro que podia ou não estar transportando muamba. Ele resolveu fazer o que todo mundo faz quando é chamado pela polícia: fugiu. O caveirão desceu com os soldados atirando a esmo. Quando o carro blindado teve de parar na barreira para deslocar o trilho que impede o trânsito, o motoqueiro, inocente ou culpado, conseguiu escapar. Quem não escapou foi uma dona-de-casa, dona Sandra, que abriu a porta da sua moradia (Rua Canitar, 585, em Inhaúma, e estou colocando o endereço com a permissão do leitor) no momento errado e recebeu um tiro de fuzil no peito.

Não, leitor, não saiu nenhuma nota na imprensa, o que reforça a sensação de que ninguém liga para quem mora no morro. Quando acontece um acidente aéreo, temos a oportunidade de ver o descaso para com o ser humano. Este descaso está presente nas favelas do Rio diariamente, onde se produzem cadáveres anônimos que nem entram nas estatísticas oficiais.

Especificamente, a polícia matou dona Sandra. Continuou a perseguir a moto, mas foi parada por uma parede de concreto atrás da qual estavam os bandidos, que revidaram com suas armas. O caveirão, com os vidros da frente estilhaçados, teve de dar marcha à ré, ocasião em que foi obrigado a levar dona Sandra, que sangrava muito, para o hospital. Ela morreu no mesmo dia.

O leitor termina sua carta dizendo que não tem nenhuma simpatia por bandidos, mas que vê o soldado da polícia e o soldado do tráfico como peças de um mesmo jogo de xadrez: os chefes de ambos os lados, egos inflados, lutando pelo poder.

Acabei de ler a carta do leitor ### e fiquei com medo de pensar no futuro.

Escreva para o Fausto: faustowolff@terra.com.br

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Dança do Siri contra a Rede Globo

Rapaz, eu precisava comentar isto...

Fiéis seguidores do casal pilantra que manda na Igreja Renascer fazem a dança do siri para impedir que a Rede Globo filme os canalhas.

HAHAHAHA.

No intervalo do julgamento, na hora do almoço, os fiéis cercaram o casal e fizeram a dança do siri. Dessa forma, conseguiram impedir que a Globo conseguisse imagens dos salafrários.

Leia mais na notícia a seguir:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u321070.shtml

Para quem não sabe, a dança do Siri é uma invenção do pessoal do Pânico da RedeTV e tem aparecido em inserções do jornalismo na TV Globo.
Ainda não sabe? Ah, procura no Google. Lá tu encontra a explicação

Abraços!

Renan e a boiada!

Odeio aquele clichê que diz, por exemplo, "o brasileiro é um povo feliz" ou "o brasileiro faz piada com tudo". Não gosto e rejeito. Mas...

...de fato, aqui acontece cada coisa!

Esta foto já tem alguns meses, mas vale a pena recordar, pois a polêmica está de volta no Senado e Renan cai já já.

Todo mundo conheçe a história da jornalista que tem um filho com o político... pois bem, eis a faixa que uma atleta carregou, em tom de galhofa, durante uma maratona em Brasília (ou qualquer outra capital).


Bom, agora deixa eu voltar a estudar dor...

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Tlinta e Tinco!

Vídeo ganhador do animamundiweb 2006 nas categorias de júri popular e júri profissional

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

"Os poderosos podem ser sádicos mas não masoquistas"

Posto um vídeo do Eduardo Galeano. Muito bom.

Pensei em dois títulos para esta postagem: primeiro, o que ficou. Ou entao: "mijam em nós e os jornais dizem que é chuva".
Na realidade são duas passagens da fala do Galeano e se aplicam muito bem.

Quanto ao Galeano, ele é o autor de um dos primeiros livros sobre política que li: As Veias Abertas da América Latina. O livro é genial e é leitura obrigatória para qualquer compreensão da situação em nosso continente. Recomendadíssimo para quem ainda não leu.

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Gilberto Gil: um comunicador!

Uma das coisas que me fazem rir bastante é ver o nosso ministro Gilberto Gil falar.
Gil, pra mim, é a pessoa que tem a maior capacidade do planeta de falar tanta coisa e não comunicar absolutamente nada! Figuraça!

Aos que ainda não atentaram (não necessariamente todos hão de concordar), peço que prestem um pouco mais de atenção numa próxima entrevista ou 'canjinha' do nosso ministro.

Abaixo um vídeo que encontrei. Uma pequena montagem, mas que pra mim representa bem o artista em questão

Abraços

sábado, 4 de agosto de 2007

Noel Rosa

Para relaxar, samba legal!
A "Orquestra Imperial" cantando Noel Rosa! Ficou muito bom.



Visto no excelente sítio http://umquetenha.blogspot.com

segunda-feira, 30 de julho de 2007

ai, ai, ai, ai, ai, ai...

Duas notícias nesta semana me chamaram a atenção. Eis as manchetes:

Bruna Surfistinha tem R$ 4 milhões para filme - Jornal de Brasília

Governo libera captação de quase R$ 1 mi para DVD de Vanessa da Mata - Folha Online

Poisé. Em linhas gerais, para quem não está familiarizado com o processo, vou tentar explicar como ele se dá:
1- Uma infinidade de projetos, ditos "culturais" (por seus autores), são enviados para o MinC para que sejam analisados.
2- Desses, alguns são selecionados e, então, autorizados a captar recursos no meio privado num valor máximo determinado pelo Ministério.
3- Em troca deste "apoio", as empresas que patrocinam tais projetos têm um abatimento de até 4% no imposto de renda, em até 100% do valor empregado.

Deixa eu ver um exemplo. Digamos que eu tenha uma empresa que paga 100 reais de IR por ano. Então eu posso utilizar 4 reais para patrocinar algum projeto "cultural". Em contrapartida, pagarei ao governo 96 reais de IR. Ou seja, um baita negócio, porque o que ganharei com a divulgação da minha marca é 100% lucro!

De qualquer maneira,
não critico o mecanismo. Não conheço sua origem, nem suas motivações. Mas pelo menos já vi alguns projetos bem legais bancados graças a essa lei, como alguns cds de músicos da terra (por ironia, fui rapidamente procurar na minha estante algum exemplo e... nada!)

O grande "X" da questão é que tipo de projeto ajuda no fortalecimento de nossa cultura!

As duas manchetes no topo da postagem são um retrato de como as autoridades (grande parte) consideram como cultura em nosso país.

Será que acabou??
De jeito nenhum. No caso do DVD da grande artista popular (???) Vanessa da Mata (pausa para um comentário: Ziraldo defende que assim como o ponto de interrogação e o ponto de exclamação, deveríamos inventar o ponto de ironia, pois assim, ficaria bem claro, até para os leitores menos atentos, quando algo escrito se trata de ironia pura.)

Pois bem, voltando... No caso do DVD da Vanessa da Mata alguns detalhes tornam a situação bem pior.
O primeiro deles dá conta da distribuição, que será feita pela gravadora Sony BMG, ou seja, uma grande multinacional da indústria fonográfica.
Além disso, trata-se de um produto altamente comercializável e com previsão de lucro.

Qual foi a justificativa do governo?
"a gravação do DVD visa fomentar a nova geração da música popular brasileira", disse Tânia Leita, secretária substituta da Secretaria do Audiovisual do MinC.

Cagar tudo bem, mas esfregar o bolo fecal em nossas caras?!? Já é demais!
Leia mais em: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u314884.shtml

Show de Bola?
A situação com o filme da Bruna Surfistinha não muda muita coisa não. E as cifras são bem maiores. O Filme será baseado no cultural (ahhh se eu tivesse um ponto de ironia) "O Doce Veneno do Escorpião".

Agora estão
liberados para captar R$ 3.998.621,65 por meio de mecanismo de renúncia fiscal. E tudo isso se converterá em menos impostos pagos ao governo por empresas privadas.

O que diz a Bruna, que na verdade se chama Rachel Pacheco, sobre tudo isso?
"Show de bola, hein?”. Pois para mim, é bola fora!
Leia mais em: http://emsergipe.globo.com/nesseinstante/exibir_noticia.asp?id=87316


Pode ficar pior?
Mas é claro. Existe um debate no Congresso para que a Lei Rouanet beneficie também igrejas evangélicas. Ou seja, tais igrejas poderiam captar recursos utilizando o mesmo mecanismo! A proposta é do senador Marcelo Crivella do PRB do Rio de Janeiro.
Leia mais em: http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/artigos.asp?cod=438ASP003

Bom, com todo esse "animador"(olha o ponto de ironia ai mais uma vez) quadro eu proponho a criação do Prêmio "Mas será o fim do mundo?!?"

Então a 1ª Edição do Prêmio "Mas será o fim do mundo?!?" vai para o Ministério da Cultura e para o Senador Marcelo Crivella!

Aliás, para não terminar só em crítica, o MinC, acho que no ano passado, lançou a proposta de criação da ANCINAV. Tai algo que eu acho que seria legal. Uma boa proposta do governo. Pena que foi engolida. Deixo para comentar em outro momento.

Um abraço!

quarta-feira, 25 de julho de 2007

Pau no Governo de Eduardo Campos! (3)

Do blog http://acertodecontas.blog.br/ que por sua vez utilizou uma reportagem da Folha de Pernambuco.

Sobre este tema, mais uma vez gostaria de repetir o seguinte: Não tenho trabalhado esta questão da mobilização dos médicos (nem teria porquê), nem conheço minúcias da negociações. Apenas me espanta a forma como o governo vem tratando a mobilização dos trabalhadores em nosso estado.
Inclusive, o que vem acontecendo com a greve dos professores, me parece, é bem pior.

A Esperança foi embora

Sindicato denuncia veto à campanha

Antônio Jordão, vice-presidente do Simepe, diz que empresasse recusaram a veicular outdoor anti-Eduardo
da Folha PE


O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) afirmou ontem que não se intimidará diante da ameaça do PSB de processá-lo judicialmente no caso do uso da logomarca de campanha do governador Eduardo Campos e ainda prometeu reforçar as ofensivas para o movimento de protesto contra o piso salarial da classe. O vice-presidente do Simepe, Antônio Jordão, não só voltou a destacar a postura de censura do partido do governador, como engrossou o veto do Governo aos protestos, levantando a possibilidade de o Palácio do Campo das Princesas ter interferido diretamente no cancelamento de uma campanha publicitária de outdoor, agendada pelo sindicato desde o início do mês.
A propaganda que traria o “É”, acompanhado de asas e com o slogan “A esperança foi embora”, seria veiculada em 27 outdoors e deveria ter chegado às ruas desde a semana passada. No entanto, segundo denunciou Jordão, a empresa contratada rescindiu o contrato na última sexta-feira alegando que “não tinha como colocar outdoors nas ruas contra o governador”. “A empresa saiu de uma isenção comercial para uma posição clara em prol do governador. Isso depois de já ter recebido o dinheiro do pagamento antecipado”, denunciou o vice-presidente, informando que o contrato estava orçado em R$ 13 mil. O Sindicato preferiu não revelar qual divulgadora cancelou o acordo.

Diante do acontecido, o Simepe já antecipou que entrará com uma ação judicial contra o grupo. Paralelamente, busca um novo contrato para veicular a campanha publicitária vetada. Ainda segundo Jordão, o sindicato também enfrentou dificuldades junto às empresas de propaganda de ônibus, o chamado outbus. “Gostaríamos de entender a relação do Governo com essas empresas de ônibus, porque todas elas se negaram a exibir nossa propaganda”, ironizou o sindicalista. Além da campanha de outdoor, os médicos devem anunciar hoje outros métodos para ampliar o movimento. Já estão nas ruas adesivos, camisas, panfletos e bottons. O chefe da Casa Civil, Ricardo Leitão, foi procurado para comentar as acusações, mas encontrava-se em audiência e, até o fechamento desta edição, não retornou aos contatos da reportagem.
Autor: Marco Bahé - 25/07/2007 às 7:47

terça-feira, 24 de julho de 2007

Pau no Governo de Eduardo Campos! (2)

Mas era só o que faltava! Não conheço detalhes de como está a questão da disputa Eduardo Campos X Sindicato dos Médicos, mas o governo tá extrapolando.

Não basta o que vem fazendo com os professores em greve, agora o PSB está querendo processar o Sindicato dos Médicos por utilizar o "Ézinho" que foi utilizado na eleição de Eduardo (veja na penúltima postagem).


A pergunta é: Que censura é esta??? É o cúmulo!

Nunca tive nada contra o PSB. Muito pelo contrário. Sempre tive uma admiração muito forte pelo velho Arraes. E continuo tendo. Mas não dá para fechar os olhos pra o que vem acontecendo!

Bom, mas deixa eu dar um recado sobre o blog. Há um tempinho já que não venho dedicando tempo para postagens mais elaboradas. Uma série de tarefas têm causado isso. Mas a tendência é que aconteça de tempos em tempos, com seguidas melhoras. Em breve, novidades!

domingo, 22 de julho de 2007

Pau no Governo de Eduardo Campos!

Ousada campanha do Sindicato dos Médicos por aumento salarial:

sábado, 21 de julho de 2007

Tragédia da TAM

Pessoal,
um dia após o acidente rabisquei o texto que segue adiante. Como a semana foi corrida, não deu para colocar no blog. Nele, queria apenas ressaltar minha indignação pelo fato das grandes TVs estarem fazendo questão de defender a TAM. E hoje, já está bem claro quem é o culpado.

Segue o texto da forma como o rascunhei! Abraços!
--
De ontem pra hoje tomaram conta da mídia nacional as noticias acerca da tragedia envolvendo o avião da TAM do Vôo 3054, no qual estima-se morreram mais de 200 pessoas.
De pronto, grande parte das TVs abertas já colocavam imagens ao vivo com comentários de "especialistas" sobre as possíveis causas do acidente. E entre todas as possibilidades, os ditos "especialistas" faziam questão de livrar a TAM de qualquer culpa, sempre ressaltando a qualidade de seus equipamentos e bla bla bla.

http://www.estadao.com.br/cidades/not_cid20326,0.htm - Nesta noticia é possivel ver um relato de problemas no freio
http://oglobo.globo.com/sp/mat/2007/07/18/296837806.asp - Este outro mostra um problema na aterrisagem.

Poisé! e a imprensa sempre querendo arrumar um erro humano ou do governo. E fazendo questão de eximir de culpa a empresa privada, no caso, a TAM.

terça-feira, 17 de julho de 2007

E Viva a união dos lutadores do Campo e da Cidade!

Estive este fim de semana no Seminario da Juventude da Cidade e do Campo organizado pela Juventude da Via Campesina mais alguns movimentos de juventude urbana. Muito bom!

Tanto para reafirmar alguns princípios quanto por observar que a esquerda caminha pra um novo caminho. E que estamos nesta construção. E vamos à luta!

Estarei escrevendo mais sobre isso de agora em diante.

Encerro esta postagem com um forró de primeira qualidade:
TRIO NORDESTINO e OS 3 DO NORDESTE!

Poisé! Sou louco por forró. Forró pé-de-serra. Pé-de-calçada! Pense num negócio bom da febre!
Não sou muito bom de dançar não, mas ta valendo! :)

Trio Nordestino


Os 3 do Nordeste

quarta-feira, 11 de julho de 2007

O Canto das Três Raças

Diminuí o ritmo, é bem verdade, mas continuo fazendo minhas leituras e pesquisando mais sobre o samba. Aliás, gosto muito de aprender sobre música em geral. Mas o samba tem me chamado mais a atenção de uns tempos pra cá.

Tenho escutado muito Cartola (sempre), Guilherme de Brito, Geraldo Filme, Cyro Monteiro e o Paulo Cesar Pinheiro. Esse último mais ainda. Excelente compositor. Cantor nem tanto. Mas não importa.

E o mais interessante de tudo é que uma das melhores músicas gravadas por ele, não é dele. É a música Tatuagem, de Guilherme de Brito e Nelson Cavaquinho, em um cd chamado "O Importante é que a Nossa Emoção Sobreviva" de 1975, numa parceria com o Eduardo Gudin. (Aliás, a história dessa música dá uma outra postagem)

Bom... abaixo segue um vídeo do PCP cantando uma de suas composições: O Canto das três Raças, em parceira com o Mauro Duarte. Música imortalizada na voz de Clara Nunes!

Bom Proveito!


segunda-feira, 9 de julho de 2007

A verdade do Pan 2007

Já falei sobre este blog antes: trata-se do A Verdade do Pan 2007.

Como ele mesmo coloca: "é um documento histórico e jornalístico do Evento Pan 2007, e mostrará sua real significação"

Excelente para ajudar na compreensão do quão, em todos os sentidos, é uma farsa este evento.

Recomendo também a leitura de uma entrevista com o Juca Kfouri e o José Trajano na Caros Amigos deste mês.

Para acessar o blog A Verdade do Pan 2007, Clica aqui ou na figura abaixo

terça-feira, 3 de julho de 2007

É só não dar atenção...

Numa época em que começava a atentar para a importância da participação política eu devorava toda a semana os exemplares do Pasquim21. Ansiosamente aguardava a chegada do hebdomadario às quartas-feiras na banca aqui perto de casa antes de ir pro cursinho pré-vestibular.

E foi nessas leituras que pude conhecer um pouco mais figuras como Ziraldo e Fausto Wolff. Foi também nesta época que ganhei um interesse especial por Charges e Cartuns. E tinha um cartunista no Pasquim21 chamado Leonardo, que depois do fim do jornal, não vi mais nada dele.
Eis que acabo de encontrar um blog com as charges dele. Muito bom.

Abaixo, um trabalho dele. O endereço do blog é http://rasuralivre.blogspot.com

Abraços!

Clique na imagem para ampliá-la

domingo, 1 de julho de 2007

Mães da Praça de Maio

Com esta postagem eu dou início a uma categoria do blog a qual chamarei de IMAGENS. Fotos, caricaturas, quadros, representações de momentos históricos, enfim.

E pra começar trago uma foto das "Madres de Plaza de Mayo" ou, em português, "Mães da Praça de Maio".
Movimento social surgido na Argentina a partir das mães que tiveram os seus filhos desaparecidos durante a sanguinária ditadura argentina. E até mesmo Avós que tiveram filhos raptados e netos, ainda bebês, "adotados" por famílias desconhecidas, muitas delas, de militares argentinos.
Para mais informações, en castellano, chascar aquí!
Recomendo o filme, A História Oficial do diretor Luis Puenzo, Argentina, 1985.

quinta-feira, 28 de junho de 2007

"Somos todos socialistas"

Há algumas postagens atrás, escrevi que quando menos esperamos, mais absurdos acontecem. Poisé. Acho que sou muito ingênuo mesmo, porque ainda me impressiono com determinadas coisas que vou te contar!! Quem sabe faz parte daquela coisa de não perder a capacidade de se indignar nunca, não é mesmo??

O fato é que eu acho que chegamos ao fundo do poço. Ia até parar um pouco de falar sobre política aqui, já que estamos bolando uma retomada do "As Veias Abertas", mas é que não deu...

Terça-feira passada sai uma declaração de Inocêncio Oliveira em uma reportagem do JC: "Somos todos socialistas".

Cara de Pau (2)

Como diríamos na velha guarda, mas não tão velha assim, da Ciranda: "QUÊÊÊ?!?!"

Será que ninguém vai parar ele na rua e dizer: "CALA A BOCA, ESCRAVOCRATA DE MERDA!" "PASSOU A VIDA FODENDO O POVO E VEM SE DIZER SOCIALISTA!?!".

Não estou dizendo que as pessoas a quem ele se refere sejam socialistas, mas ele é emblemático!!

A seguir, o trecho da reportagem que cita sua declaração:
"Inocêncio alegou que os contatos com João Paulo são por conta da chance de o PR atrair “um ou dois vereadores do Recife”. No evento, não poupou elogios ao prefeito, ao governador Eduardo Campos (PSB) e ao presidente Lula. E surpreendeu, ao dirigir-se a João Paulo e seu vice, Luciano Siqueira (PCdoB) e soltar: “Somos todos socialistas”."

domingo, 24 de junho de 2007

BNegão e os Seletores de Frequência

Postagem em homenagem a meu amigo Fernando Feio. Sem muita conversa mole. BNegão e os Seletores de Frequência.

Para quem não conhece, BNegão ganhou destaque quando compunha o Planet Hemp. Segundo sua própria descrição, o seu som representa o "LadoB da Black Music": leia-se Dub, Hip-Hop, Jazz, Funk 70, Ragga, Samba e Miami Bass, podendo tambem chegar às raias do Hardcore e do Grind-Core."

Então é isso. Um abraço! Para mais, acessa o síto da galera: http://www.bnegao.com.br




Dança do Siri



Relutei, relutei, relutei... mas este vídeo é hilário. Três rapazes dando uma "palhinha" num "flash" ao vivo do Jornal Nacional.

Prometo que não coloco mais esse tipo (especificamente) de besteira :)

quarta-feira, 20 de junho de 2007

Acontece

Quem nunca viveu uma situação como esta que atire o primeiro comentário. Ótimo curta de animação. Como diz a própria descrição do autor: "baseado em vários fatos reais"

O curta é "O Paradoxo da Espera do Ônibus". Bom proveito!

---

---

segunda-feira, 18 de junho de 2007

Fraude em artigo da Constituição

É impressionante como as vezes, quando nos achamos locupletados com tantas absurdidades, a coisa só piora.

Cara de Pau

Não sou o presidente Lula, mas de vez em quando me vêm (à mente) ditados populares e, nesse momento, chegou, de cara, o famoso "quanto mais rezo mais assombração aparece". Bom, eu não rezo, mas deixa pra lá... esse é um outro debate.

A parada é que dois professores da UNB fizeram um estudo e defendem que o Nelson Jobim (ex-presidente do STF e atual queridinho de Lula, na época deputado constituinte pelo PMDB gaúcho e líder do partido) e o ex-deputado Gastone Righi (SP) (na época liderava o PTB) inseriram um dispositivo na Constituição Federal que, segundo os professores, beneficiou credores internacionais da dívida externa.

Nelson Jobim à esquerda e o presidente Lula à direita (ã???)

Os professores Adriano Benayon e Pedro Antonio Dourado de Rezende, autores da pesquisa, afirmam que parte de um artigo foi incluído na Carta Magna sem passar pelo Plenário.
Inclusive, cerca de quatro anos o próprio Nelson Jobim admitiu ter incluido dois artigos na Constituição, sem submissão da proposta ao Plenário!

Para mais informações, indico a notícia do Congresso em Foco, de onde retirei a informação.
Em Anatomia de uma fraude à Constituição você tem acesso ao próprio trabalho produzido.

quarta-feira, 13 de junho de 2007

Paz Armada?

Esta notícia me chamou a atenção. Nela não há absolutamente novidade alguma, mas serve sempre pra nos chamar a atenção para dois fatos:
1. o rumo que estamos tomando
2. e para a hipocrisia com a qual a grande imprensa trata esta questão, quando se escandaliza, por exemplo, quando o Presidente Chavez anuncia a compra de alguns aviões.

Mas, voltando à notícia, ela segue a tendência dos últimos anos: os Estados Unidos representando quase 50% de todo o gasto militar do mundo.

Três detalhes são muito interessantes neste relatório:
1. A China, como está no corpo da notícia, atingindo o 4º lugar, ultrapassando o Japão.

2. Dos 10 países que mais importam armas hoje no mundo, 5 são do Oriente Médio, (exatamente isso! CINCO!) as principais transações são feitas dos EUA e União Européia para Israel, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos. Enquanto isso, as compras de armas (em quantidade bem menor) do Irã, em sua grande parte originadas da Rússia, são tidas como absurdo. Absurdo é esta manipulação da grande mídia. Isso sim deveria ser inaceitavel.

3. e por fim, o fato de que os cinco países que compõem o Conselho Permanente de Segurança da ONU (China, EUA, França, Reino Unido e Rússia) mantêm juntos cerca de 26 mil ogivas nucleares! E tome hipocrisia da imprensa!

Tudo isso alimentado por inúmeros pequenos conflitos localizados que acontecem neste exato momento no mundo todo. A "que senhor" tudo isso está servindo?

Eis a notícia em seguida. O endereço para quem quiser conhecer mais sobre o Instituto abaixo citado é http://www.sipri.org/

Gastos militares no mundo alcançam US$ 1,2 trilhão
Publicado em 11.06.2007, às 10h24

Os gastos de armas realizados por governos de todo o mundo alcançaram US$ 1,2 trilhão em 2006, uma elevação de 3,5% nos gastos militares do planeta em comparação com o ano anterior, revelou o Instituto de Pesquisa de Paz Internacional de Estocolmo (conhecido pelas iniciais Sipri) em um relatório anual divulgado nesta segunda (10).

De acordo com o documento, a China superou o Japão na condição país asiático que mais gastou em armas ao longo do ano passado, ao mesmo tempo em que os Estados Unidos mantiveram-se isolados na dianteira do ranking de gastos militares.

Confira abaixo o ranking dos países que mais gastam:

1) Estados Unidos, US$ 528,7 bilhões;

2) Grã-Bretanha, US$59,2 bilhões;

3) França, US$53,1 bilhões;

4) China, US$49,5 bilhões;

5) Japão, US$43,7 bilhões;

6) Alemanha, US$37 bilhões;

7) Rússia, US$34,7 bilhões;

8) Itália, US$29,9 bilhões;

9) Arábia Saudita, US$29 bilhões;

10) Índia, US$23,9 bilhões.

Fonte: Agência Estado

sexta-feira, 8 de junho de 2007

"Quem não reage rasteja" (2)

Recebi de meu tio, Lula Wanderley, artista plástico e psiquiatra, um texto do seu amigo Edmar Oliveira, também psiquiatra, sobre o Baixio das Bestas de Cláudio Assis.

Saudades de tio lula e tia gina. Abraços pro Edmar também!

Nesta postagem também um vídeo do Cláudio Assis apresentando o filme num festival em Aracaju. O cara é foda mesmo! O Cláudio é um daqueles caras classicamente classificados pela sociedade de "louco". Viva o cinema de Cláudio Assis!

Abaixo o texto de Edmar e, seguindo, o vídeo com o Cláudio Assis. Abraços!

CINEMA AMARELO
Edmar Oliveira

Sabe aquele filme que a gente acaba de ver e não sabe se é bom ou ruim? O Baixio das Bestas é um desses. Só que, diferente dos outros, você sai do Baixio e fica besta como o filme vai ficando bom em crescente. Cláudio Assis já tinha mostrado seu talento em Amarelo Manga. E Amarelo é tão bom cinema que a gente fica com medo do Cláudio não fazer coisa melhor e ficar, como muitos cineastas, preso ao filme de estréia. Não é o caso. O Baixio é um cinema amarelo de verdade.

A partir de um poema de Ascenso Ferreira sobre a usina de cana nordestina moer aquela gente sem destino, o filme entra no cotidiano da pobreza, da prostituição, do folclore do maracatu, na vida vazia dos agroboys da burguesia rural pernambucana. O problema do filme é que Cláudio Assis elimina o simbólico e nos deparamos com o real de maneira muito intensa, principalmente se o espectador é nordestino como sou. Aí a gente entra na tela como naquele filme do Woody Allen. E nos impacta a constatação do personagem de Matheus Nachtergaele de que “bom é cinema onde a gente pode fazer o que quiser”, pois na realidade a gente, quase sempre, não pode interferir. E o real acontece ali na tela e dentro de nós. A impotência de se deixar atravessar pelos acontecimentos sem poder mudar o rumo de nada. A crueza do ser humano onde não há mocinhos e bandidos, mas somos todos a mistura da mesma merda que vai tombar no mesmo esgoto. E como único fato simbólico do filme, uma fossa é construída durante toda a fita tanto para ser a tumba do personagem Heitor ou de qualquer um de nós. O resto é o real acontecendo sem que haja qualquer sentido que possamos perceber. Porque, geralmente, a vida é assim. E Cláudio faz um cinema do povo que existe neste país. Chega, é muita porrada...

Só quando entra o letreiro com os créditos, acompanhados por uma bela melodia na voz de Siba, do Mestre Ambrósio, é que você percebe que era um filme e que acabou. Mas aí vem aquela sensação provocada pelo poeta, que volta a incomodar de forma recorrente: a merda toda continua acontecendo no mundo lá fora, o que se assistiu foi um trailer da vida como ela é, de Cláudio Assis reafirmando Nelson Rodrigues...

Humor global

Segunda postagem com tirinha do Nicholas Gurewitch, do sítio http://pbfcomics.com


E, abaixo, mais uma do Rafael Sica. Muito boa esta.Deixa eu ir embora que ainda vou no médico ver o que danado tem no meu ouvido e depois sigo pro Congresso Nordestino de Educação médica.

Abraços!

quarta-feira, 6 de junho de 2007

A pimentinha

Às vezes, quando não se tem o que dizer ou não se sabe o que falar, costuma-se soltar um singelo "sem comentários". Ninguém está imune a isso.

Mas tem certas coisas que, de fato, não necessitam ABSOLUTAMENTE de comentário algum. O vídeo abaixo é um desses:


Beijos!

segunda-feira, 4 de junho de 2007

Poetas Marginais do Recife

Vinha pensando numa postagem sobre a poesia marginal de Recife. Não só para divulgar, mas para conhecer um pouco mais a fundo.

Mas o fato é que encontrei um texto muito bom sobre o assunto, de Urariano Mota:
http://www.lainsignia.org/2007/junio/cul_005.htm
Segue um trecho:

"A poesia marginal de Pernambuco é um oceano que a imprensa não vê. Imaginem o tamanho da cegueira. São, por baixo, mais de 50 poetas, das mais ricas tendências, que se apresentam nos palcos, em shows, em recitais. Eles se fazem notar mais pela palavra falada que pela escrita. A razão é simples, se perdoam a pobreza do adjetivo. Os seus poemas estão em edições pequenas, de tiragens pequenas, de circulação pequena, a preço de duas cervejas. Daí o vulgo e a vulgar compreensão concluem que são poetas pequenos."

Recomendo muita esta leitura.

Termino esta indicação com a seguinte tirada de Valmir Jordão:
"Coca para os ricos / cola para os pobres / Coca-cola é isso aí!"

É isso aí!

beijos

domingo, 3 de junho de 2007

Farândola e 3º Cerveja e Chico

Meio que de repente marcamos de comemorar o aniversario de Gaby hoje no Farândola. Digo hoje porque acabei de chegar de lá.

O Farândola é um bar aqui em Olinda, que já há algum tempo tínhamos adotado para ir sempre. Nunca mais tinha ido com o pessoal da Ciranda.
E foi muito legal poder estar neste momento com queridas companheiras e queridos companheiros. Novos e Antigos. Senti saudades de um tempo que não faz muito tempo. Foi há pouco. Mas nunca mais tinha ido...

Espero continuar junto de muitas dessas pessoas. E olhe que lá faltaram muitos dos que sempre estiveram. Quero também esses por perto.

De quebra ainda encontramos por lá Tati, Jéssica e Maísa (ou Maysa?) :D

E por fim, quero anunciar que em breve estaremos realizando o 3º Cerveja e Chico! Das outras vezes optamos por não fazer uma grande divulgação. Mas as cobranças são cada vez maiores! Então, fica dito!

Abaixo, para não ficar sem música, Chico Buarque cantando Feijoada Completa. Só para dar o gostinho. Beijos!

quarta-feira, 30 de maio de 2007

Sport - Campeão Brasileiro da 1ª Divisão de 1987!

Há muito queria escrever sobre isso. Mas acho que não havia momento melhor que esse. Por quê? Porque no próximo domingo o Sport enfrenta o Flamengo pela Série A do campeonato brasileiro. Vinte anos após conquistarmos o título.

Para quem não conhece a polêmica, aqui vai um explicação bem clara e sucinta:
1 - Naquele ano o Clube dos 13 decide fazer um campeonato à parte, por um acordo com a TV e com os patrocinadores. Daí, inclusive, o nome: Copa União, numa alusão a marca de Açúcar União.

2 - Os outros clubes, com muita razão, não aceitam isso e exigem um campeonato brasileiro organizado pela CBF, como seria o mais correto.

3 - A CBF, então, para não desagradar a já grade máfia do futebol propõe o seguinte: que o campeonato seja realizado em dois módulos, ou seja, dois grupos e, ao final, haveria um quadrangular final entre os primeiro colocados de cada grupo. Vale ressaltar que este acordo foi assinado por todos e regulamentado pela CBF!

4 - Desta forma, saem Flamengo e Internacional como primeiro colocados do módulo verdade, a denominada por eles mesmo de Copa União. E Sport e Guarani, como primeiro colocados do módulo amarelo.

5 - Neste momento, Flamengo e Internacional se recusam a disputar este quadrangular, restando ao Sport e Guarani decidirem o título. Resultado final: SPORT CAMPEÃO BRASILEIRO DA 1ª DIVISÃO DE 1987.

Bom, depois de bem explicadinho, caso ainda reste dúvida informo: consta no sítio da CBF que o título é do Sport. Além disso, o Sport e Guarani também disputaram a Libertadores no ano seguinte.

Abaixo, alguns vídeos que retratam o momento histórico:


Reportagem com melhores momentos da vitória contra o Guarani que garantiu o título para a Ilha do Retiro


Reportagem do SBT (o repórter era o Kajuru) ao final do jogo, no momento em que a CBF entrega taça para ser levantada


Homero Lacerda, na época Presidente do Sport, num programa de TV junto com Márcio Braga, na época presidente do flamengo.

Deu pra entender agora, grande Juca Kfouri??

Postagem em homenagem a Rodolfo!

-----------------------------

Ahhhhhh. Aproveitando o tema de futebol. Um amigo, Alexandre Bob, sugeriu o Prêmio Cicarelli para Magrão do Sport, por ter levado o "milésimo" gol de Romário. HAHAHAHAHA. Poderia até ser, mas como o Sport perdeu e esses mil gols de Romário, na verdade, não são de verdade, então o prêmio não vai para ele, tá, Bob?

Não entendeu a polêmica?
Clica Aqui



Abraços!